As landing pages ou páginas de pouso são um dos complementos mais importantes de toda campanha de email marketing. São vários os casos onde podemos utilizá-las mas todos têm um objetivo em comum. Veja mais nesta guia. No EnvíaloSimple achamos que as campanhas de email marketing não terminam no momento de enviá-la. Pero contrário. É ai onde começa a se discutir o resultado final que teremos. De nada servirá uma alta taxa de cliques se depois não conseguimos traduzi-la em resultados concretos. E é ali onde as landing pages ou páginas de pouso cumprem um papel fundamental.  

O que é uma Landing Page?

Para aqueles que estão entrando no tema, comecemos por definir o conceito de landing page: Uma landing page é uma página web cujo conteúdo foi criado para conseguir um determinado objetivo a partir das visitas que recebe.   

Para que Se Usam as Landing Pages no Email Marketing?

As landing pages feitas para a sua campanha podem marcar a diferença. Se você criar uma ótima peça de email mas depois você faz que esses cliques gerados vão ao home do seu site, perderá uma oportunidade de conseguir os resultados que procura. Criando landing pages específicas para cada produto em lugar de direcionar as visitas ao seu home, a americana Dell conseguiu aumentar em um 300% suas taxas de conversão. Adicionar landing pages na sua campanha de email marketing pode te servir para: 

 

  • » Engajar novos assinantes para a sua newsletter.

   

  • » Informar e conseguir mais assinaturas para o evento que você está organizando.

   

  • » Conseguir que entrem em contato com você para solicitar um orçamento sobre seu serviço.

 

  • » Gerar descarregamentos para a ferramenta que tenha criado para seus clientes.

 Como Criar as Melhores Landing Pages para Email Marketing 

Ao criar landing pages para email marketing é preciso levar em conta uma série de fatores para ter a certeza que seu conteúdo e design estejam 100% focados em conseguir o objetivo proposto para a campanha. Aponte!

  • » Pense em seu público alvo

Tanto seu email como sua landing page conseguirão melhores resultados se você trabalha em desenvolver conteúdos e promoções segmentadas para os diferentes perfis que compõem a sua base.

 

  • » Crie landing pages específicas para cada tipo de produto 

Isto ajudará a orientar o leitor para o objetivo proposto. Se você adiciona informação inecessária sobre outros temas/produtos gerará confusão no leitor e a sua taxa de conversão sofrerá as consequências.

Por exemplo, se você vender roupa e no seu email inclui uma promoção sobre sua marca de calças e gravatas, crie uma landing page especifica para canalizar os cliques daqueles interessados nas calças e outra para os interessados nas gravatas.

Isto te permitirá manter o foco da atenção no usuário e poderá oferecer mais detalhes que estimulem a compra do seu produto preferido.

 

  • » Certifique-se que combine com a estética do seu site e do seu email

Um produto habitual na hora de planejar landing pages para email marketing é a falta de unidade de critério em quanto a sua estética. Isto é chave na hora de fortalecer a confiança dos nossos clientes e propectos. Landing pages cujo design e estilo de redação não coincidir com o site no qual é hospedado nem do email de origem geram insegurança e desconfiança. E isso é o que menos queremos, mais do que nada na hora de vender produtos e serviços online.  

  • » Verifique sua performance nos diferentes dispositivos

É importante que as landing pages que façamos para a nossa campanha sejam visualizadas corretamente seja a partir do seu computador, a partir de um smartphone ou tablet. Para isso, o design responsive é fundamental.  

  • » Trabalhe em um chamado à ação específico

O chamado à ação da nossa landing page é mais importante que aquele que incluimos no nosso mail. Por quê? Porque é um dos últimos elos da cadeia da conversão. Em muitos casos se definirá se essa visita se transforma ou não em uma venda, uma assinatura, um descarga, etc. Se por exemplo o objetivo da sua campanha é gerar uma venda, utilize botões com uma mensagem concreta e persuasiva que motive ao usuário a clicar nele para continuar com a compra. Certifique-se que seu estilo esteja combinando com a sua marca e com seu público alvo.

  • » Meça os resultados

Não se limite às métricas da sua campanha de email marketing. É importante que também possa analisar os resultados obtidos na landing page. Isso vai te ajudar a avaliar a efetividade da sua mensagem e a corregir futuras campanhas relacionadas. Com o Google Analytics, realize um monitoramento dos principais indicadores do desempenho (KPIs) das suas landing pages. Os principais KPIs são: Visitas Totais:  o número de visitas da nossa campanha de email marketing. Taxa de Rejeição: a % dessas visitas que abandona a página em poucos segundos e sem interatuar com o conteúdo apresentado. Uma taxa de rejeição alta indica que os conteúdos e/ou design do site não são atraentes para o visitante. Taxa de Abandono: trata-se da % de visitas que depois de fazer clique no chamado à ação, decidem não continuar com a compra que tinham iniciado. Taxa de Conversão: es é a porcentagem de visitantes da landing page que finalmente concretam o objetivo da campanha (compra, descarga, assinatura, contato, etc).   Você quer saber mais sobre o uso das landing pages em geral? Veja este artigo dos nossos amigos do SitioSimple. Esperamos que estes conselhos tenham sido úteis para você!