Conservar a boa reputação do domínio que você utiliza para enviar suas campanhas de Email Marketing é fundamental para conseguir bons resultados e reduzir as possibilidades de que seus correios eletrônicos sejam considerados como Spam.

Com certeza você já leu e escutou muito no que se refere ao lixo eletrônico. Neste caso queremos te dar alguns conselhos e te explicar como fazem os ISP’s (Provedores de Serviços de Internet) para estabelecer sua reputação. Utilizam diferentes fatores para avaliar seu comportamento e desta análise pode depender que as suas campanhas de correio cheguem à caixa de entrada ou terminem na pasta de lixo eletrônico, embora não o sejam.

Por isso, é muito importante entender que aspectos e variáveis levam em conta:

Extensão ou tamanho das listas

Os Provedores podem obstaculizar as campanhas que se enviam às listas de contatos muito grandes. Desta forma, protegem aos usuários dos spammers, que costumam enviar mensagens às bases de dados com muitos contatos.

Qualidade das listas

Uma lista é considerada como de «baixa qualidade» quando não se solicita a permissão dos usuários para que recebam os emails. A única restrição que deve ter uma lista de correio para que seja considerada como válida e de boa qualidade (além de legal, segundo C-SPAN) é que tenha a aprovação dos assinantes.

Porcentagem de denúncias

Os usuários podem marcar um correio como Spam e isto afetará diretamente sua reputação. Se você receber um número alto de reclamos, a qualidade da sua reputação diminuirá.

Porcentagem de correios rejeitados

Existem softs e hards bounces. Os últimos, especialmente, que se apresentam quando o endereço ou domínio de destino não existem, são aqueles que mais influem negativamente na sua reputação.

Cair ou não na Black List depende, em boa medida, de considerar aspectos já mencionados anteriormente na hora de planejar o envio das suas campanhas de Email Marketing. Não esqueça de revisar com frequência o status da sua conta!

 

Reputación

Como posso cair na Black List? 

Estas são as duas formas mais importantes:
1)- Enviar um email a uma conta falsa. A solução para isto é ter somente contatos que tenham dado sua permissão.
2)- Que um contato denuncie ao spammer diretamente a uma entidade de Anti-Spam. Em geral este tipo de casos não acontecem.

Para manter uma boa reputação, a equipe de EnvialoSimple te mantém em alerta e atualizado com uma série de boas práticas que ajudarão você a manter limpas suas listas de contatos e não ser considerado como spammer.

Evite usar no remetente (From) contas de Gmail, Yahoo, Hotmail e AOL. Por causa da mudança nas políticas DMARC que implementaram estes provedores de correio, os envios que não venham desses servidores não chegarão à caixa de entrada e cairão na pasta de Spam. É uma boa oportunidade para que você comece a usar um endereço personalizado com domínio proprio, como “info@tunegocio.com”, já que estas não sofrem pela validação DMARC.

Use listas de contato legítimas. Evite a compra de bases e o uso das listas de terceiros.

Limpe regularmente as listas (hard bounce, sem aberturas nem cliques).

Utilize formulários de subscrição com a opção double Opt-in. 

Filtre as listas de contato excluindo os emails incorretos (inexistentes ou cancelações de subscrição, mal escritos, com caracteres proibidos como acentos, etc.).

Evite usar palavras ou frases muito comerciais  en na redação do conteúdo e no assunto da campanha. Exemplo: “Free”, “Off”, “Ligue Já”.

Não escreva todo o Subject (Assunto) em maiúsculas.

Evite o uso excessivo de signos como (!) ou ($).

Não inclua muitas imagens. Todas devem ter atributos “Alt” e “Title” definidos.

Se você utiliza HTML colado a partir de outra fonte ou importa uma página web, tenha certeza que o código seja o mais limpo possível: livre de erros e scripts. 

Você pode encontrar mais conselhos e recomendações nas seguintes notas do nosso blog: